Entrevista com Isabel Allende

Nesta interessante entrevista com Isabel Allende, ela comenta seu último livro: “O amante japonês”, mais uma de suas obras que se caracteriza pela sensibilidade, pela fantasia e pelos segredos da alma.

Ao refletir sobre a tarefa do tradutor em relação aos personagens e as situações, descritas por ela de forma tão delicada e profunda, é importante a riqueza de linguagem que transfere e/ou agrega significado, sem perder a intenção do autor.

O tradutor como “portador do discurso do outro” (Eco, 1979) mergulha no assunto com o autor e ao mesmo tempo com o destinatário, o leitor (cultura meta), a quem é dirigido o seu trabalho.

María Inés González Lozano

Tradutora e Intérprete

mineslozano@hotmail.com

Anúncios

Autor: megbatalha

Intérprete e Tradutora

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s