VOLUNTÁRIOS OU AMADORES? Não, obrigada!

No momento atual em que o Brasil é palco de grandes eventos, a contratação de profissionais qualificados de interpretação e tradução aumentou sobremaneira. O nosso país é conhecido pela sua hospitalidade, e com tantos estrangeiros visitando o Brasil,  a ajuda de voluntários que saibam se comunicar em outros idiomas é importante. Entretanto, existem muitas diferenças entre um profissional experiente e um amador.

mundo

Intérpretes profissionais X voluntários bilíngues

Intérpretes são bilíngues, mas isso não é tudo. Eles conhecem as palavras e a cultura por trás das palavras – em dois ou mais idiomas.

Bilíngue? Pode ser um amigo ou parente que fala espanhol ou portunhol, ou aquela pessoa que fez uma imersão de inglês durante um final de semana: eles servem como uma luva para ajudar nesse tipo de eventos!!

A razão é simples: bilíngues podem falar dois idiomas fluentemente, mas muitas pessoas descritas como bilíngues não são realmente fluentes e nem precisas. E mais, não são necessariamente bons em transmitir informações em dois idiomas, especialmente sob pressão.

Alerta vermelho! “Bilíngues” não especializados representam um sério risco em certas situações!!!

cursos-profissionais-informatica-criaçao-sitesImaginem amadores em eventos que apresentam estudos sobre doenças?

Ou quando o discurso de uma autoridade será transmitido globalmente?

Quando sua empresa lança novos produtos ou expõe informações confidenciais e estratégicas, etc…

Coletivas de imprensa, com professores de inglês, que não sabem usar nem mesmo o equipamento!!

Em geral, negócios de milhões de reais podem estar em jogo. O papel da comunicação é crucial nessas situações: mal-entendidos são difíceis de serem resolvidos, e o retrabalho pode custar muito mais; em muitos casos, será impossível revertê-los.

Intérpretes profissionais possuem abordagens e habilidades únicas. Como são conhecedores de diferentes técnicas de interpretação, são treinados para transmitir sua mensagem – de maneira precisa, suave e eficiente – e garantir que você saiba exatamente o que a outra pessoa está dizendo.

Depender de voluntários bem intencionados, porém sem treinamento, é um grande desperdício de recursos humanos e financeiros. Veja  este comentário de um gerente de eventos:

“Calcule quanto sua empresa já investiu em passagens, acomodação, alimentação e tempo para que executivos participem de reuniões importantes. A tarifa cobrada por um equipe de intérpretes profissionais é irrisória quando comparada aos outros custos  a presença desses profissionais garante que todos os participantes acompanhem exatamente tudo o que está acontecendo e possam participar ativamente. Se o objetivo de sua reunião é passar uma mensagem ou trocar ideias, então é preciso pagar por intérpretes profissionais. Se, por outro lado, a reunião não tem importância alguma, aí sim, você poderá optar por uma solução mais barata”. (Reflita sobre isso!!)

ProfissasIntérpretes formados respeitam um código de ética que enfatiza confidencialidade, imparcialidade, discrição e distanciamento profissional. Isso pode parecer elementar, mas é de extrema importância. Profissionalismo aliado à experiência é uma das áreas na qual “ajudantes” bilíngues, sem formação, por mais que se esforcem, não terão o mesmo desempenho e qualidade de um profissional.

Quer testar como funciona ouvir uma mensagem em um idioma e passar para outro, quase instantaneamente?

images mente

Pegue um microfone, ligue sua televisão e tente falar com outras palavras tudo que o repórter ou o galã da novela está dizendo em tempo real. Sem atraso – você nunca vai conseguir alcançá-lo. E nada de frases confusas, por favor…  Agora, imagine-se fazendo o mesmo, mas dizendo a mesma coisa em outro idioma. Nem pense em usar um dicionário para as palavras que não sabe: não há tempo para isso!

É melhor contratar um intérprete ou uma agência?

rede

A forma mais simples de contratar nossos serviços é por meio de um diretório, uma associação profissional reconhecida, empresas gerenciadas por intérpretes, ou claro em nosso CATÁLOGO PREMIUM (www.catalogodetradutores.com.br). As redes sociais facilitaram o contato entre os intérpretes,  uma dessas redes, que eu criei, é formada por 662 profissionais e sempre que necessário, ativamos nossos contatos e indicamos o profissional com o perfil adequado para suas necessidades. Esses detalhes escapam das agências, pois não fazem parte de nossas redes sociais. Lembre-se: SOMOS ESPECIALISTAS EM INTERPRETAÇÃO.

 Parece que contratar intérpretes profissionais custa caro….

A longo prazo, o custo de uma mensagem imprecisa ou a comunicação errada de sua marca custará muito mais. A impressão deixada por um evento em que a interpretação foi ruim afetará a imagem de sua empresa! Isso é um fato!

Entre em contato com fornecedores confiáveis, associações e sindicatos. Os intérpretes profissionais seguem os valores de referência fornecidos pelo SINTRA (Sindicato dos Tradutores):

sucesso

http://www.sintra.org.br

Seu evento é único, um acontecimento singular! Uma vez decorrido, será impossível editá-lo, isto é, desfazer más escolhas feitas. Escolha um profissional em quem você possa confiar para resguardar a imagem de sua empresa, ou seja: um profissional que seja REALMENTE um profissional, alguém que saiba que cada empresa possui uma missão e muitos valores preciosos! A nossa função é transmitir a sua mensagem e fazer com que o seu evento seja um sucesso!

www.catalogodetradutores.com.br

Meg Batalha

Intérprete & Tradutora

Contato: megbatalha@uol.com.br e http://www.megbatalhainterprete.com

Tel: 55 11 9 9582 5899

With over eight years of experience as an interpreter, Meg has been able to explore many different areas of language, from art circles to the business world to more technical areas. Her work has provided her with a wide range of experiences, from interpreting for famed politicians such as Tony Blair to using her linguistic capabilities in tank training for the Brazilian Army.

Meg credits her twelve years of Aikido training for her ability to adjust to new places, cultures and people, as well as her ability to excel under pressure.
She studied Translation & Interpreting at Associação Alumni, the most esteemed school in Brazil and hold degrees from Waldorf Education at Emerson College in England, and the University of Cambridge FCE and CPE.

PERDIDOS NA TRADUÇÃO!! Contrate sempre um profissional e evite vexames!!

Lost in translation… here are mistakes that ten businesses would rather forget

 

culturas 1
Diferenças culturais podem criar barreiras

Google has recently revealed plans to take its online translator to the next stage and combine it with mobiles to create “universal translators”. The concept being that the owner can talk into the device in their native tongue whist the receiver hears it on their own, similar to the ‘Babel fish’ from ‘The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy’.

However, both consumers and businesses need to be aware that certain nuances in language can be lost in literal translation, in which the end result could be misunderstood. Whilst a slightly imprecise translation tool may be a successful aide for the tourist abroad, it would not be appropriate for businesses to rely on such technology as part of their communications strategy.

Companies should be aware that literal translation can cause a whole host of confusion. One example that Parker Pen would rather forget for their product was when they wanted advertisements in Mexico to translate as: “It won’t leak in your pocket and embarrass you.”assim tbm

What they thought was clear instruction was misinterpreted to mean something else entirely! The company thought that the word “embarazar” (to impregnate) meant to embarrass, so the ad read: “It won’t leak in your pocket and make you pregnant”.

But Parker Pen is far from being the only company to have fallen into the translation trap. Take a look at these ten translated slogans gone wrong:

1. Pepsi

The Pepsi slogan, “Come alive with the Pepsi Generation” translated in Taiwanese became, “Pepsi will bring your ancestors back from the dead”. Not only a bit creepy by culturally, it was an insult.

2. Kentucky Fried Chicken

In China, the Kentucky Fried Chicken slogan “finger-lickin’ good” became “eat your fingers off”. Again, implying an action considered rude and uncivilised in Chinese culture.

3. Coors

Beer manufacturer Coors tried to translate its slogan, “Turn it loose”, into Spanish. It went horribly wrong when it was read as “Suffer from diarrhoea”.

4. Perdue

Perdue’s slogan, “it takes a strong man to make a tender chicken”, translated in Spanish to, “It takes an aroused man to make a chicken affectionate”.

5. American Airlines

To advertise their leather seats, American Airlines used the slogan, “Fly in Leather”, which translated in Spanish for the market in Mexico as, “Fly naked”.

6. Coca-cola

In China, the Coca-Cola name was first read as “ke-kou-ke-la”, meaning “Bite the wax tadpole”, or “Female horse stuffed with wax”, depending on the dialect.

cult 2
Traduzir é privilégio, aproximamos pessoas! Contrate um profissional do Catálogo de Intérpretes!

7. General Motors

When General Motors introduced the Chevy Nova in South America, the company was unaware that “No Va” meant “It won’t go”.

8. Ford

Ford had a similar problem in Brazil when the Pinto flopped. The company found that Pinto was Brazilian slang for “Tiny male genitals”.

9. Schweppes

In Italy, a campaign for Schweppes Tonic Water translated into “Schweppes Toilet Water”.

10. KKinki Nippon 

Japan’s second-largest tourist agency was mystified when it entered English-speaking markets and kept receiving sex tour requests. Upon finding out why, the owners of Kinki Nippon Tourist Company quickly changed its name.

eFirma Meg ok